CLIQUE AQUI

VAMOS FAZER UM TESTE???

 Imagine que você acabou de ter uma briga feia com seu cônjuge. Você não pode recorrer ao melhor amigo para conversar e acaba na cozinha, em busca do conforto da comida.




Suponha que só encontrou os quatro itens a seguir, todos com cerca de 400 calorias:


Pão – 5 fatias (carboidratos altamente processados)






Frutas vermelhas – 6 xícaras (carboidratos não processados)







Manteiga – ½ tablete ou cerca de 12 colheres de chá (gordura)


Carne-seca – 5 porções de 30 gramas (proteína)





Qual você poderia comer mais depressa?


Qual iria provocar menos sinais de advertência no seu corpo (como saciedade, desconforto ou até náuseas)?


Qual o deixaria com fome mais rápido?


Qual seria o mais provável a fazer com que você comesse compulsivamente? Você provavelmente respondeu “pão” para todas as perguntas. Os outros itens são muito mais difíceis de comer compulsivamente, e se você o fizesse, provavelmente se sentiria inclinado a não o repetir tão cedo.

CARBOIDRATOS ALTAMENTE PROCESSADOS: FARINHA E AÇÚCAR
te levam à uma ingestão compulsiva, não importa qual seja o seu estado psicológico.


Níveis excessivos de insulina provocados pela ingestão de carboidratos altamente processados fazem com que as células adiposas absorvam muitas calorias, deixando poucas calorias nos lugares certos.

Quando falta caloria na corrente sanguínea, o cérebro aciona um sistema de alarme, desencadeando a fome e os impulsos. E desejamos especificamente carboidratos processados – batata frita, biscoitos doces e salgados, balas, bolos e coisas do tipo – por uma razão simples: eles fazem com que nos sintamos melhor em poucos minutos. 

O problema é que eles também fazem com que nos sintamos pior horas depois, desencadeando o próximo ciclo do vício. Num certo sentido, carboidratos altamente processados parecem drogas viciantes, cuja rápida absorção aumenta as taxas de dependência. 


Por exemplo, a folha não processada de coca (que leva um tempo para se mastigar e digerir) tem um histórico longo de uso seguro na América do Sul, para a doença de altitude e outros fins. Mas quando o ingrediente ativo, a cocaína, é refinado e concentrado para ação rápida, o resultado é uma severa dependência física e psicológica.


Ludwig, David. Emagreça sem fome: Controle a gula, reprograme as células de gordura e perca peso de forma definitiva (Locais do Kindle 1096-1099). Zahar. Edição do Kindle.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.